© Orgulhosamente criado por Instituto Hoju

  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Google+ Social Icon
 

Em 2012, no formato de um Grupo de Estudos, surgiu a essência primordial da SOMA. Com o objetivo de aprofundar o conhecimento sobre a teoria African Womanism, conceito cunhado pelas afroamericanas Dra. Nah Dove e Dra. Cleonora Hudson-Weems, que propunham uma organização social a partir da Unidade Cultural da Filosofia Afrikana.

 

Ancorado no Instituto Hoju, dirigido por nosso ANCESTRAIS - nasceu na Mangueiras por força do ASILI --, e nos trouxe como propósito o fortalecimento da AGÊNCIA dos afro-diaspóricos no país, o Grupo de Estudos Mulherismo Africana tornou-se uma Sociedade, Afrikana.

 

O formato dos encontros e a incorporação da prática dos valores africanos nas relações estabelecidas no grupo, transformou seus membros em uma família, independente do parentesco consanguíneo estabelecido pelo Ocidente. Uma família simbólica como estabeleceram-se as famílias no Continente Africano.

 

Em uma gigantesca massa escura, essa, população africana desperta para a MAAFA  no Brasil e no mundo, reacendendo a asili  que nos diz que necessitamos retomar o sentido da UNIDADE, para enfim haver a reparação do holocausto psíquico e social a que o povo preto está submetido até os dias de hoje.

 

A SOMA é formada por mulheres e homens. Sem binarismo de gênero, pois seguimos o princípio da COMPLEMENTARIDADE, elemento fundamental para criação da vida, como nos orienta nossos mitos fundadores. Somos convidados a um cosmo vivo e vibrante, onde as relações entre homens e mulheres servem ao espírito, à comunidade e aos ancestrais(SOMÉ).

 

Os MAIS VELHOS são a nossa base de saber – o respeito aos mais velhos será o valor básico –, são eles nos ORIENTAM e compõem o CONSELHO NTR como os DONIKEBAS – fazedores de conhecimento (em fulani). Formado por mulheres e homens que possuem em sua história a experiência na luta pelo

 

povo preto, que respeitam, vivem os valores matriarcais e tem o reconhecimento comunitário.

 

A Sociedade é uma rede de protetorado preto e tem o objetivo de alcançar a reparação e a mudança de paradigma entre pretos e pretas através do afeto, do diálogo e do cuidado.

 

A SOMA, juntamente com o Instituto Hoju, desenvolvem programas, ações e projetos que fortaleçam a educação afrocentrada, que supram os gaps que barram o pleno desenvolvimento do nosso povo, seja no âmbito social, cultural ou econômico, por meio da educação integral.

 

O objetivo é promover a formação integral pautada nos valores éticos da nossa filosofia afrikana, que se mantém viva em todas as estruturas sociais geridas pelas nossas matriarcas.

 

GRAUS INICIÁTICOS DA FORMAÇÃO SOMA:

 

1) GIRI SO

Palavra da frente. Quando chegamos na SOMA com o menor nível de conhecimento. Nossa visão de mundo está totalmente pautada na cosmogonia europeia. Pensamos na superficialidade simplista do ocidente. Somos o que temos e o que vemos. Nesta fase AMEM nos recebe para expandir a nossa consciência ancestral;

 

2) BENNE SO

Palavra do lado. Quando começamos a pensar e desenvolver um ponto de vista crítico por uma perspectiva afrikana. Nesta fase estamos nos libertando da mundivisão Eurocêntrica e adentrando o obscuro, os mistérios de AMEM. Nossa dieta começa a mudar para que a glândula pinel esteja apta a se desenvolver;

 

3) BOLO SO

Palavra por traz. Temos diferentes perspectivas, nossa mundivisão holística nos faz penetrar e discernir a essência que alimenta nosso Asili;

 

4) SO DAVI

O que queremos alcançar. Visão e entendimento cósmico. Capacidade do uso da imaginação como totalidade do ser que desbloqueia todas as barreiras da compreensão e nos faz ressurgir como Deuses, como Potência que ativa a POTÊNCIA PRIMORDIAL para nos libertar e nos fazer ressurgir como SOBERANIA AFRIKANA. IMAGINA UMA NAÇÃO (IMAGINAÇÃO).

 

Estes princípios são pautados na sabedoria Dogon e desenvolvidos por uma de nossas grandes griotes Dra. Marimba Ani.

 

PROCEDIMENTO DE PERTENCIMENTO À SOCIEDADE

 

  1. Participar de 2 encontros  do Ciclo de inicialização, para que haja compreensão dos valores essenciais a conduta dos membros,

  2. Seguir os valores básicos da Unidade Cultural Africana . São Eles:

                2.1. Compromisso com o povo preto, compreendendo -nos como povo, em Unidade Cultural.

                2.2. Acolher os irmãos e irmãs, de forma respeitosa.

                2.3. Primar pelo afeto como forma de se relacionar.

         2.4. Não incluir bandeiras políticas ou ideológicas ocidentais  na Sociedade ----------, mantendo a liberdade de exercê-la fora das atividades da Sociedade. Compreendendo que o Panafricanismo é a diretrização de nossa demanda social pois somos o centro de seu processo.   

  1. Comprometer-se com auto-cuidado, cuidado em Rede, conduta dentro e fora do grupo aliada aos valores.

APRESENTAÇÃO DOS NOMES DOS CONSELHOS

 

  • Conselho HEMENU (Conselho do Matriarcado):

Dona Irema Nascimento       

Ya Marcia Vital Jeje (a convidar)

Dr. Julio Cesar de Souza  Tavares

Mestre Yedo Ferreira

Neninho do Obaluaê SP (a convidar)

Dra. Iolanda de Oliveira ( a convidar)

 

  • Conselho SOMA -----  (Conselho dos coordenadores de GTs - Irmãs e irmãos mais velhos no grupo):

Kaká Portilho

Marina Miranda

Juliana Barbosa

Jorge Nascimento

Thuani Coutinho

 

                                                                                

GTs:

Matriarcado na Antiguidade

Filosofia/ Sociologia

Matriarcado nas origens da Tecnologia

Irmandades Pretas no Brasil

Traduções

 

3- ATRIBUIÇÃO DOS CONSELHOS E CONSELHEIROS

 

O Conselho HEMENU tem a atribuição de orientar, e sao os responsáveis por observar, zelar e repreender qualquer membro que rompa com o código de ética da sociedade.

 

O Conselho SOMA tem a atribuição de coordenar os Grupos de trabalho, responsáveis por cada aspecto da sociedade, de forma a produzir material de referência para estudos, reflexões e análises que digam respeito a construção de um projeto político-estratégico de reparação ao povo negro. Os conselheiros possuem atribuição de colaborar com as atividades propostas por seus GTs .

 

 

NOSSOS VALORES

 

  1. Respeitar os mais velhos, sendo adaptável, ambiciosa(o), materna e nutridor(a).

  2. Nós estamos nos movendo no sentido da liberdade e a função da liberdade está em justamente tornar outras pessoas livres também.

  3. Na jornada para a realização de seus objetivos pessoais, não se deve fazer escolhas baseadas apenas em sua segurança. Nada é seguro! A busca pela realização de suas ambições não pode ser feita em detrimento de sua meia-irmã. Ao empunhar o poder que é merecidamente seu, não permita que isso escravize suas irmãs e irmãos.

  4. Deixe a sua força e seu poder emanarem daquele lugar em você que é nutrir e cuidar.

  5. Irmandade genuína entre irmãs ,irmãos. crianças e idosos. .

  6. A segurança e a harmonia das mulheres é a força e a estrutura da sociedade e de todos seus participantes.

  7. Autonomear-se e autodefinir-se.

  8. Ser forte em conjunto com os homens em uma luta inteira e autêntica, flexibilizar os papéis no jogo,

respeitando mutuamente  e reconhecendo espiritualmente seus pares masculinos.

  1. A necessidade de uma troca entre homens e mulheres negras para a erradicação da opressão compartilhada. Luta de libertação compartilhada entre homens e mulheres.

  2. A Teoria é  centrada na família.

  3. Prioridades: raça, classe e gênero, nesta ordem. Esforço pelo empoderamento da raça. Ambos são vítimas de forma similar de um projeto racista de opressão.

 

Ritual Iniciático

 

O ritual é uma tradição de extrema importância na nossa cosmovisão. Cada membro da nossa irmandade passará pelo ritual iniciático que consiste nos ciclo das cinzas, realizado na sociedade Dagara. O ritual tem a função de reconectar o espírito ao espírito da intimidade que concerne a comunidade preta

Voltar ao Topo

As fotos de nosso terceiro seminário estão na seção ACONTECEU NO HOJU - cllique aqui para conferir!

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now